Total de visualizações de página

terça-feira, 27 de agosto de 2013


Não fique chocada nem pense que há intenção de escorregar para o lugar comum ou o pieguismo. É que o fantasma de uma mastectomia anda rondando a bruxa.
Vão-se as mamas e ficam os pés. Ainda bem. Centopeias não conseguem viver sem o sonho dos sapatos.
Ei-los, cada um mais belo que o outro.
Para serem curtidos após os procedimentos cirúrgicos.
Bruxas mastectomizam-se, recompõem-se e quando menos se espera, elas estão na rua.... toc-toc-toc... exibindo seus maravilhosos e loucos sapatos de saltos.


O velcro deixa tudo mais fácil para a bruxa amarrar o sapato.

Combinação de cores insólitas é tudo de bom!


Pié-de-poule, seja sapato, vestido, blusa, bolsa.


Meu queridinho da vez!


Com este anabela a bruxa nem vai lembrar a falta da teta.




s até podem ser feias e más, mas adoram um brilho. São mulheres...



Para os gloriosos momentos da night, assistindo, por exemplo, numa quarta-feira do mês, com Maxi, Juli e Inês,  à Sinfônica de Córdoba, seus bandoneons, la pareja de baile, o tango e, se pintar um Piazzola, melhor ainda.




Muita flor. Muito brilho. Só por isso estão aqui.


Xau, xau. 
                                                          A 
não sabe quando volta, mas, com certeza, voltará de sapatos de salto e tetas novinhas em folha.
E não esqueçam, gurias, plano de saúde ou SUS, todas tem direito à reconstituição mamária.

A lei nº 9.797/1999 já obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a custear cirurgia plástica reparadora de mama em caso de mutilação decorrente de tratamento de câncer. Projeto de lei da Câmara, em tramitação no Senado, quer encurtar o prazo desta intervenção ao abrir a possibilidade de os procedimentos de retirada da mama e sua reconstrução se realizarem a um só tempo, caso isto seja tecnicamente possível.
Se não houver condições de reconstrução imediata da mama, o projeto de lei garante prioridade no atendimento à paciente tão logo ela apresente o quadro clínico exigido para a cirurgia. Ao justificar a proposta, sua autora, a deputada federal Rebecca Garcia (PP-AM), chamou atenção para os efeitos positivos da recuperação da aparência física sobre o tratamento do câncer. "Já é sobejamente conhecida a relação entre o estado de espírito e a superação de enfermidades, especialmente sobre o câncer", comentou.

Há novidades e leis já sancionadas. Faça valer seu direito e não tema cirurgia.


3 comentários:

  1. Aqui na torcida, minha linda e querida amiga! Vai dar não, já deu tudo certo! E lembre-se, com ou sem mama você é uma mulher de peito!
    Beijos, S.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Damadeshangai. Sabia que eu adoro você?

      Excluir
  2. Também adoro você, e essa nossa "proximidade distante".

    ResponderExcluir